Ao adicionar leads usando a API, ou ao postar para o endpoint de um formulário nativo diretamente - sem utilizar o código de captura do formulário nativo -, você deve fornecer o ID de rastreamento, a fim de estabelecer um dispositivo rastreado para o lead.

Este artigo apresenta os diferentes métodos de recuperação do ID.

Recuperando via Conteúdo de Página Dinâmica

Um dos métodos de recuperação necessita que você modifique o código de rastreamento de sua página.

Para conseguir o ID utilizando o recurso do conteúdo de página dinâmica, adicione o seguinte código debaixo do código de rastreamento da sua página:

<script type="text/javascript">
    var callThisOnReturn = function(resp) {
        if (respt) {
            var SharpSpringTracking = resp.trackingID;
        }
    };
    _ss.push(['_setResponseCallback', callThisOnReturn]);
   </script>

Uma vez adicionado, a variável  SharpSpringTracking irá conter o ID de rastreamento. Você pode, então, utilizá-lo em seu próprio código para colocar o ID de rastreamento onde precisa.

Recuperando via .PHP

O seguinte código capturará o valor do cookie em .PHP:

if (isset($_COOKIE['__ss_tk'])) {
$SharpSpringTracking = $_COOKIE['__ss_tk'];
}

Uma vez adicionado, a variável  $SharpSpringTracking irá conter o valor do cookie.

Recuperando via JavaScript

A seguinte função JavaScript permitirá capturar o valor de um cookie:

function getCookie(cname) {
    var name = cname + "=";
    var decodedCookie = decodeURIComponent(document.cookie);
    var ca = decodedCookie.split(';');
    for(var i = 0; i <ca.length; i++) {
        var c = ca[i];
        while (c.charAt(0) == ' ') {
        c = c.substring(1);
        }
        if (c.indexOf(name) == 0) {
            return c.substring(name.length, c.length);
        }
}
    return "";
}

Uma vez adicionada, você pode chamar a função para o cookie da SharpSpring da seguinte maneira:

SharpSpringTracking = getCookie('__ss_tk');

Uma vez adicionada, a variável SharpSpringTracking irá conter o valor do cookie.

Após a Recuperação

Assim que tiver o cookie associado a uma variável, você pode então codificar a fim de passá-lo à SharpSpring. Isto pode envolver escrevê-lo em um campo oculto no formulário, ou adicionando-o às informações passadas através de uma chamada API. É papel do seu desenvolvedor determinar isso.

O cookie da SharpSpring deve possuir um valor com o seguinte formato:

201611|581a09d2ba899bcc078b477a

Informações importantes sobre a Recuperação

Esteja ciente de que o formato do cookie recuperado pelo código não pode ser usado na API como está.

Novamente, o código do cookie recuperado retorna no seguinte formato:

201611|581a09d2ba899bcc078b477a

Entretanto, a API somente pode utilizar o código do cookie em um dos seguintes formatos:

  • 201611_581a09d2ba899bcc078b477a
  • 201611%581a09d2ba899bcc078b477a (encoded).
Encontrou sua resposta?